O Coletor de Espíritos

Esse excelente livro do Draccon tem uma história intrigante, todo o enredo se conecta a véu-vale, um vilarejo no fim do mundo onde houve um massacre indígena, e quando a chuva aflige o vilarejo  pelo terceiro dia consecutivo, as ruas iluminadas por tochas ficam desertas pois acontecem coisas sobrenaturais, pode se ouvir vozes, e Gualter Handam, antigo morador da véu-vale e que depois de fugir se torna um prestigioso psicólogo, se vê de repente obrigado a retornar ao vilarejo que povoa seus pesadelos.

Mas depois de tantos anos, ele terá de encarar antigos fantasmas, essa é uma jornada para fechar seus ciclos e conseguir a redenção que poderá finalmente libertar todo um povo das garras do medo.

 

Esse é um projeto antigo, que Raphael Draccon cita há tempos, dedicado ao pequeno Felipe, leitor guerreiro que veio a falecer após a luta contra o câncer aos 13 anos.

Áudio da Carta para o menino felipe, pelo Draccon: https://soundcloud.com/desacocheioemauhumor/carta-ao-menino-felipe

O ebook exclusivo JÁ ESTÁ disponível por R$ 8,90 na Amazon e TODO DIREITO AUTORAL será revertido por contrato ao GRAACC!
Link da Amazon: www.amazon.com.br/O-Coletor-Esp%C3…ZXM/ref=dp_olp_1

Espero que apreciem a história e todo o projeto por detrás dele.
Sonhem conosco.

mas é possível ouvir melhor sobre toda a história no Rapaduracast de “A Culpa é das Estrelas”.

Link: cinemacomrapadura.com.br/rapaduracast…o-e-o-filme/

Anúncios

Autor: Thiago D.

Minha maior arte é a forma que eu vejo o mundo e as coisas que acontecem ao meu redor, tenho uma empatia muito grande, entendo como as coisas estão acontecendo ou devem acontecer e isso ajuda na minha percepção para fazer sistemas, estruturar raciocínios lógicos e a construir textos, contos e afins. Busco colocar em palavras os mais diversos sentimentos e sensações, o que escrevo não é autobiográfico, eu chamo de usar a vida como matéria prima. Meu jeito de escrever é esse, e se me perguntarem isso é ficção? Ou não é ficção? – Está no papel(no caso, tá no blog), aconteceu ou não, é ficção.

Uma consideração sobre “O Coletor de Espíritos”

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s