Existe uma doença horrível que afeta apenas os seres humanos.

É como uma doença venérea: Você a pega quando anda com as pessoas erradas. Eu peguei a minha andando com Friedrich, Martin e Jean Paul, pelos bordeis da minha mente.

Essa doença tem uma coisa curiosa: Ela faz você enxergar melhor. O problema é que ela não te prepara pra isso. Na verdade nada pode te preparar, por que como o leite, o homem não tem a enzima necessária pra digerir a existência. E como o leite, se você toma muito, acaba desenvolvendo úlceras.

Mas as úlceras dessa doença, diferente das causadas pelo leite, não são no estômago, e sim na sua cabeça. Ela abre buracos na sua mente e aí a libido começa a vazar e você não sente vontade de fazer mais nada. Os sortudos se matam, mas os azarados, nem isso conseguem.

O que você faz então? Você escreve, você pinta, você desenha, você toca. Você tenta botar pra fora de qualquer jeito possível ou se fortalecer contra isso e quando falha, as drogas estão lá pra ajudar.

Mas isso são só cuidados paliativos e a morte espera por todos no final. A doença faz apenas com que criemos consciência disso e provemos um tira-gosto dela antes do prato principal. E é aí que as úlceras começam a crescer, e as minhas já estão enormes.

Acho que está na hora do meu remédio.

Anúncios