Lollapalooza 2017

17498979_10154279038445264_8107517100170324661_n.jpgApesar de ser razoavelmente perto de casa aonde acontece esse Megafestival, eu nunca fui em nenhuma edição anterior, nunca tinha me interessado e agora fui nessa sexta edição e vou dizer para vocês o que achei da experiência.

O show acontece nos dias 25 e 26 de março, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, e conta com mais de 10 horas de evento por dia e aproximadamente 55 horas de música e atividades ininterruptas.

Acho que o festival poderia ser melhor se trouxesse bandas mais conhecidas do cenário nacional; como Capital Inicial, Titãs, Matanza, DeadFish, Pitty, O Rappa, ira, tivesse mais heavy metal, hardcore e no rap trouxesse grandes nomes como emicida, oriente, racionais mcs, rashid e criolo. Desses todos só o criolo esteve presente no evento.

Mas o que me chamou a atenção nessa edição foi o show da banda Metallica que é o motivo de ter comprado o ingresso, sou grande fã e fui até o rock in rio 2015  para velos arrebentar com seu espetáculo de peso, então imagina aqui do lado de casa se eu iria perder né ?
Poucas coisas em minha vida eu quero de novo logo quando acaba, e o show desses caras pela segunda vez me fez ter essa sensação, que banda pesada do caralho !!!

O Metallica abre o show com o video de três homens em conflito, tocando “Ecstasy of Gold” quando acaba a banda entra arrebentando tudo com a nova música “Hardwire” que é pesada, rápida e direta, o som é perfeito para abrir o show. Na sequência,  “Atlas, Rise!”, eita porra o publico está em delírio absoluto, pois como um amigo meu disse PESADO é a definição para o show do Metallica.

Você tenta abrir a roda de bate cabeça, mas é impossível porque tem umas 30 pessoas no mesmo lugar. Você pula e não encontra mais o chão. Se tá com os braços para baixo, não consegue levantá-los. Se tá socando o ar, fica assim por um bom tempo.

Realmente self destruct. 

Quando o Metallica tocou The Memory Remains e todos começaram a cantar em uníssono, a banda parou de tocar e para sentir a vibração do Festival inteiro cantando junto, foi lindo, emocionante e ficou eternizado nos corações de todos aqueles que puderem estar ali naquele momento.

E depois de tantos shows e tantas tentativas, meu amigo conseguiu um “brinde” um palheta personalizada da banda.

17498437_1163358843761650_8828422074891335261_n

17523424_1163358817094986_570352298594088219_n

Anúncios

Autor: Thiago D.

Minha maior arte é a forma que eu vejo o mundo e as coisas que acontecem ao meu redor, tenho uma empatia muito grande, entendo como as coisas estão acontecendo ou devem acontecer e isso ajuda na minha percepção para fazer sistemas, estruturar raciocínios lógicos e a construir textos, contos e afins. Busco colocar em palavras os mais diversos sentimentos e sensações, o que escrevo não é autobiográfico, eu chamo de usar a vida como matéria prima. Meu jeito de escrever é esse, e se me perguntarem isso é ficção? Ou não é ficção? – Está no papel(no caso, tá no blog), aconteceu ou não, é ficção.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s