Começou como uma brincadeira. Uma conversa banal sobre loucura (nada patológico, relaxem). De repente, dias se tornaram semanas, que se tornaram meses. Uma amenidade aqui, outra acolá, com conversas sérias no meio (senão vira bagunça, francamente). Fotos e mais fotos de uma rotina que não seria interessante para mais ninguém.

Parece que estamos no século XIX, com cartas viajando além-mares. Talvez fosse interessante inovar, algo como sinais de fumaça (acho tão vintage). Um dia te vi de relance, como um tipo de onda eletromagnética que mostra imagens ao vivo. Que agonia.

É estranho se sentir ligado a alguém a quem nunca se viu e a palavra saudade parece não se aplicar. Quando acontece alguma coisa engraçada, logo passa pela cabeça contar para a pessoa. Infelizmente há dias em que um possível encontro é algo surreal e utópico. Dá vontade de…nem sei.

Mesmo sem ser um fato concreto, todos os sintomas estão presentes: a perna bamba, as risadas por motivos idiotas, os apelidinhos cretinos (fofos, mas cretinos), a expectativa por notícias e até um certo ciúme. Quando se pensa na possibilidade de aparecer alguém para um dos dois nesse meio tempo, bate o terror: E se eu me apaixonar por alguém que não é ele? O que eu faço?

Nesse meio tempo a dica de ouro é curtir. No mínimo é uma bela amizade, ninguém sabe se um dia virão os benefícios. Um dia talvez a gente se cruze de fato.

To be continued.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Sobre jessicaalexandra06

Sou atriz e professora de inglês paulistana, nascida em 1991 no Dia de Reis. Sempre adorei escrever e imaginar coisas. Amava fazer redações na escola. Com o tempo, o amadurecimento e essa complicada vida de gente adulta, fui deixando de escrever. Me limitei a posts de Facebook e tweets. Porém as histórias se acumulavam na minha cabeça. O blog foi uma forma de exteriorizar todos esses pensamentos e reflexões, sejam eles bons ou ruins. Gosto de escrever sobre como eu lido com a vida e o quanto ela é complicada. Espero que os meus textos e poemas ajudem pessoas que passam pelos mesmos problemas que eu. Blog pessoal: https://somaiscincominutinhosblog.wordpress.com/

Últimos Posts Por jessicaalexandra06

CATEGORIA

Textos