Textos

Já Amou Alguém?

Já amou alguém?
Aposto que você pensou em alguém ou em alguma resposta, mas calma não precisa responder agora.

Essa foi a pergunta que me fizeram outro dia, e eu não tive o que responder. Passou o filme em minha mente sobre todos os relacionamentos que tive, e ainda assim permaneceu a dúvida.

Depois de algumas decepções não sei dizer até onde era amor, dependência ou ilusão.

Amor é um campo intangível, difícil descrever concretamente o que se sente. Quando se está dentro de um relacionamento somos influenciados pela relação em si, e quando vemos do lado de fora, após o término, podemos estar contaminados pela raiva e pela mágoa.

Empreendimento perigoso é dizer que amou alguém loucamente.

Até onde nosso cérebro não nos burla, até onde achamos que amamos e não passamos de meros carentes dependentes do outro?

Acho sim que cada um sabe o que sente, mas as vezes a gente se engana, fantasia e romantiza o que não tem que ser romantizado.

A gente não ama na frase “Eu Te Amo” dita, o amor está nas atitudes, no carinho, na atenção, no companheirismo, na confiança, no brilho no olhar, na surpresa, no beijo de boa noite e na mensagem de bom dia.

O amor não está no que é explicito, mas sim no que está contido dentro de você e que se externa no que você faz.

Sei que cada um tem um jeito particular de amar, por isso o amor é intangível, pois é impossível taxá-lo com generalizações.

Hoje sei que responderia que nunca tinha amado, só era dependente.

Temos que desconstruir a ideia de que amor tem que ser eterno, pois não tem. O amor nasce e morre nas mesma proporção.

Amar é um sentimento diário, mas não eterno. Não existem fórmulas, nem classificações pré postas para isso.

A gente sempre diz que ama, mas será que amamos mesmo? Será que conseguimos separar as diversas formas de gostar de alguém?

Agora te pergunto, você já amou alguém? Realmente amou quem você chamava de amor?

Anúncios

Mineira, graduanda em Direito e alguém que escreve. Mas, se verídico for que exista vidas passadas, acredito fielmente que já fui um ser de asas. “De Saco Cheio e Mau Humor” é antes de tudo diversidade, de pensamento, de posicionamento e idealismo. Tem de tudo um pouco, esse é o diferencial. Liberdade para escrever, cada um no seu contexto. Facebook: https://www.facebook.com/cecilia.santi.39

0 comentário em “Já Amou Alguém?

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: