Textos

Masturba a minha alma

 

Os dias passam rápido. As vezes tenho a sensação de que estou dentro de um carro, no banco do passageiro, com a cabeça encostada no vidro vendo a vida passar sem poder toca-la, sem poder experimentá-la, sem sentir o tesão de existir subir pela espinha.

As horas passam no relógio de forma avassaladora. O ato de olhar frequentemente para o marcador do meu tempo me causa tédio, esse por sua vez, suga de mim a pouca vontade de existir.

Penso em colocar a mão dentro da calça e masturbar-me, afastar o desejo de não ser, com os pensamentos de quem posso ser. Nos movimentos de fricção encontrar alívio. Entre os gemidos de orgasmos sentir a paz e a realização.

Gostaria de suprir minha alma com a mesma facilidade que supro meu desejo sexual. Ser capaz de acalmar esse monstro doentio que algumas vezes se descontrola e me tira a paz.

Seria possível masturbar minha alma? Trazer a paz e o prazer de existir com minhas próprias mãos e simples movimentos de fricção? Queria eu saber responder, ou mesmo, dominar uma técnica tão eficaz.

Enquanto não consigo masturbar minha alma, sigo olhado para os ponteiros e tentando encontrar o tesão que nunca veio, por algo chamado viver.

Anúncios

Sou um mero aspirante a poeta, filosofo e escritor. Tenho 21 anos e moro na cidade do Gama. Costumo dizer que não domino o "segredo" da exímia escrita, mas vivo para escrever, e escrevo para viver. Torno cada palavra escrita e dita um motivo para acordar, um sonho para realizar e como força para respirar. Não escrevo um só gênero, porque acho que ainda não encontrei um que me defina, ou nunca encontrarei, talvez no final eu seja um transeunte entre gêneros, cujo o objetivo seja transmitir uma mensagem, seja ela, escrita ou falada.

3 comentários em “Masturba a minha alma

  1. Me lembrou aquela história do Diógenes:

    “tendo sido repreendido por estar se masturbando em público, simplesmente exclamou: “Oh! Mas que pena que não se possa viver apenas esfregando a barriga!””

    Muito bom o texto, parabéns

    Curtido por 1 pessoa

  2. O seu texto é muito bom, Rodrigo – parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: