Silvio Santos, Eike Batista

Nenhum deles tem faculdade

Mas tendo mais grana do que terei um dia

Não me parece um problema, na verdade

 

O filho de Clapton caiu da janela

E sua música é lembrada até hoje

Burroughs, gay, drogado, matou a esposa

E se tornou um dos maiores escritores

 

Pintores, cientistas, poetas, artistas

Bêbados, drogados e vagabundos

Mas são esses, e não você, meu caro amigo

Que irão um dia mudar o mundo

 

O mundo quer que sigamos suas regras

Com a desculpa de que teremos um melhor destino

No entanto, tudo o que conseguimos com isso

É sermos para sempre esquecidos

 

Então não me venham cagar suas regras

Velhos covardes e ressentidos

Que sua covardia morra com vocês

E que nos deixem viver sozinhos

Anúncios