Textos

Entre um encontro e uma despedida

No ápice dos meus devaneios me peguei pensando sobre a quantidade de pessoas que temos contato no nosso dia a dia, estamos diariamente caminhando em cima de um muro entre um encontro e uma despedida.

Em um mesmo dia temos a possibilidade de conhecer e desconhecer dezenas de pessoas, em meio a nossa correria cotidiana estamos sempre ao passo de um esbarro ou um abraço de despedida.

Somos todos singulares, cada um de nós é um eterno ímpar, mas só podemos existir em meio à pluralidade.

Então, não se apavore. Não se desespere se agora você se encontra largada no sofá de sua casa sozinha, apenas lendo este texto e bebendo uma xícara de chá, ou quem sabe se embriagando de vodka para suprir a solidão de um domingo vazio e frio.

A vida se constrói de momentos, ora felizes, ora tristes, ora acompanhados, ora solitários.

Esbarramos com perfis novos nas redes sociais e excluímos aqueles antigos que não fazem sentido de ainda estarem em meio aos nossos contatos.

Saímos à rua e esbarramos com pessoas desconhecidas e nos desviamos daquelas que conhecemos, mas que gostaríamos de desconhecer.

No trabalho, na faculdade, sempre aparece alguém novo e mais uma vez conhecemos alguém diferente, enquanto mantemos a cordialidade com aqueles que não gostaríamos de um dia ter conhecido, mas que temos que conviver.

Mas entre esses encontros e desencontros permanecem aqueles que agradecemos a Deus por ter tido a oportunidade de esbarrar em algum momento. Momento que não foi passageiro e que se reconstroem todos os dias.

Talvez agora você se sinta sozinha e desacreditada do amor, da amizade verdadeira, mas não se iluda, esse momento de insatisfação não é eterno.

Um dia em uma esquina qualquer você pode esbarrar com o amor da sua vida, em um fila de banco pode conhecer o valor de uma amizade sincera.

Qualquer dia seu olhar esbarra com o de outra pessoa que pode se tornar parte de sua vida.

Qualquer dia você tropeça em alguém que te transborde.

Quem sabe um dia eu mesma te encontre e te convide para comer uma coxinha no bar da esquina, acompanhado de um suco de laranja natural, espero que você aceite e possamos conversar sobre como vai a vida, sobre a previsão do tempo, sobre átomos, sobre nós.

Quem sabe um dia, a vida te mostre e você entenda que tudo vale a pena, até os momentos tristes.

Anúncios

Mineira, graduanda em Direito e alguém que escreve. Mas, se verídico for que exista vidas passadas, acredito fielmente que já fui um ser de asas. “De Saco Cheio e Mau Humor” é antes de tudo diversidade, de pensamento, de posicionamento e idealismo. Tem de tudo um pouco, esse é o diferencial. Liberdade para escrever, cada um no seu contexto. Facebook: https://www.facebook.com/cecilia.santi.39

0 comentário em “Entre um encontro e uma despedida

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: