Contos

Submundo

Bom sou Cooke, Adams Cooke. Médico e Fugitivo aos 26 anos da primeira prisão de Newgate, qual outra opção eu teria? Forca ou a morte?  para minha felicidade fui preso em Londres e lá o máximo que aconteceria era essas duas opções, que eu tanto desejo agora… e para minha infelicidade não era um fugitivo qualquer, […]

Bom sou Cooke, Adams Cooke.

Médico e Fugitivo aos 26 anos da primeira prisão de Newgate, qual outra opção eu teria? Forca ou a morte?  para minha felicidade fui preso em Londres e lá o máximo que aconteceria era essas duas opções, que eu tanto desejo agora… e para minha infelicidade não era um fugitivo qualquer, sou procurado por toda Europa… vocês querem saber realmente os motivos?

– Envenenar, fazer experimentos, estripar e vamos dizer saciar alguns prazeres masculinos, entre outros delitos não importantes.

Por ser médico tinha alguns benefícios, dificilmente seria descoberto como serial killer, era respeitado e ao invés de procurar, as vitimas me procuravam… a e essa era a melhor parte, mas para minha tristeza e infelicidade fui capturado novamente, infelizmente claro.

Aqui em Underworld é diferente de tudo que já vive, vivemos nesse breu, nessas trevas, apenas com essa visão maravilhosa, uma brecha de luz no meio das trevas, mas não é sempre que temos um luz pela qual podemos observar e acabar com escuridão, aqui na maioria das vezes não distinguimos dia e noite, não sabemos nunca que horas são e muitas vezes queremos morrer, mas não permitem isso de forma rápida, não para nós os presos de Underworld.

Temos que pagar no verdadeiro inferno, não aquele das mitologias e contos que se lêem por ai, mas sim no verdadeiro que se encontra entre os mortais, as trevas, a dor e o desespero, a agonia de estar vivo e querer que venha logo o último suspiro, que leve toda essa angustia e solidão de nossas almas.

Frio como o mais puro floco de neve, as grades, a umidade e o ar que respiramos, entram por nosso sistema respiratório rasgando nossas articulações como navalhas, o ar é denso e congelante, nessa prisão nada é bonito ou tranquilo, o que se escuta são gritos de desespero, respirações ofegantes de medo e sussurros de agonia por todos os cantos, por que esperança aqui não existe mais.

Estamos presos nessa fantasmagórica prisão se assim posso chamar, na realidade nenhum prisioneiro sabe como é por fora, e muitos nem por dentro, e ainda piora, pois não da para saber aonde se localiza.

Bom os poucos que ainda enxergam, só veem trevas e escuridão por todos os lados, características sinistras, macabras, que fazem o terror aumentar a cada instante, pois somente assim esse lugar, pode ser o inferno para os monstros que a sociedade sustenta em suas prisões.

Lembro de newgate os carrascos fazendo espetáculos com enforcamentos em praça publica, mas não aqui em Underworld os prisionareiros pagam mil vezes pior por aquilo que fizeram, aqui somos tratados da maneira que deveríamos ser tratados, assassinos, serial killers que causaram o inferno na vida de outras pessoas, alguns podem se dizer sortudos, porque muitos engraçadinhos perdem os olhos antes de entrarem por esses portões e são deixados para serem mortos e estripados pelos presos menos Prejudicados fisicamente.

Muitos morrem no primeiro dia e não vivem todo esse horror diariamente, por que todos aqui sofrem uma brutalidade seja ela qual for e sabe lá qual método os guardas usam para escolher qual membro ou órgão arrancar dia após dia.

Anúncios

Sobre Thiago D.

Minha maior arte é a forma que eu vejo o mundo e as coisas que acontecem ao meu redor, tenho uma empatia muito grande, entendo como as coisas estão acontecendo ou devem acontecer e isso ajuda na minha percepção para fazer sistemas, estruturar raciocínios lógicos e a construir textos, contos e afins. Busco colocar em palavras os mais diversos sentimentos e sensações, o que escrevo não é autobiográfico, eu chamo de usar a vida como matéria prima. Meu jeito de escrever é esse, e se me perguntarem isso é ficção? Ou não é ficção? – Está no papel(no caso, tá no blog), aconteceu ou não, é ficção.

0 comentário em “Submundo

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: