Crônicas

FAKE

Vish, hoje em dia está difícil saber quem é quem, você pensa que a pessoa está do seu lado sem maldade nenhuma, quando menos espera toma uma facada nas costas, falsidade, pessoas com más intenções, zé povinho e assim vai, sei lá quais os nomes que se pode dar para essa raça de coitados, só […]

Vish, hoje em dia está difícil saber quem é quem, você pensa que a pessoa está do seu lado sem maldade nenhuma, quando menos espera toma uma facada nas costas, falsidade, pessoas com más intenções, zé povinho e assim vai, sei lá quais os nomes que se pode dar para essa raça de coitados, só sei que tem de monte por ai, até mesmo quem você confia te traí, por isso devemos seguir ao pé da letra “Se Quer Confiar em Alguém, Confie em si Mesmo”, belas palavras do grande poeta e sábio RENATO RUSSO! ! !

É difícil saber que aonde quer que você vá, sempre vai ter um para atrazalar seu lado, testar sua paciência,  fazer o inferno do seu cotidiano, mas fico me perguntando porque ser falso? Sendo que pode logo ser sincero e dizer que não vai com a cara da pessoa, não gosta, ou sei la o motivo pelo qual quer ser contra a pessoa em questão !

Sei que é mais vantajoso ser falso, mais prefiro não me corromper para essa laia, prefiro ser assim, antipático, frio, anti-social, do que sair abrindo os dentes para geral e quando elas virarem as costas meter o “PAU”, dizendo coisas a respeito da delas.

“ A falsidade em sua concepção traz à pessoa certos proveitos, como, por exemplo, omitir sua condição, mostrar-se de maneira diferente para levar vantagens, obter lucros, ascensão social, desmoralizar outras pessoas, entre outros. “

Anúncios

Sobre Thiago D.

Minha maior arte é a forma que eu vejo o mundo e as coisas que acontecem ao meu redor, tenho uma empatia muito grande, entendo como as coisas estão acontecendo ou devem acontecer e isso ajuda na minha percepção para fazer sistemas, estruturar raciocínios lógicos e a construir textos, contos e afins. Busco colocar em palavras os mais diversos sentimentos e sensações, o que escrevo não é autobiográfico, eu chamo de usar a vida como matéria prima. Meu jeito de escrever é esse, e se me perguntarem isso é ficção? Ou não é ficção? – Está no papel(no caso, tá no blog), aconteceu ou não, é ficção.

0 comentário em “FAKE

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: