junho 26, 2017

É hora de dar tchau

Precisamos saber o momento de afrouxar a corda ou ela vai acabar nos machucando. Se nos apegarmos ao porto seguro, numa tempestade mais forte nunca saberemos nadar.
É, muitas das nossas atitudes envolve decepcionar alguém, envolve quebrar corações, e esses custos que são altos nos dão liberdade para seguir. Mas dói.
Temos que entender os nossos limites e nos permitir aceitar que não podemos abraçar todas as causas, causas que muitas vezes não são nossas. Vamos ser um pouco egoísta e ir pelo o que queremos e tocar um grandessíssimo foda-se ao “você é uma decepção”?
Eu quem vos escrevo, estou nesse processo e lhes digo, desapeguem dessa merda de vida que vocês levam e parem de pensar no sucesso, no dinheiro e em serem amados eternamente. Parem de se boicotar.
A liberdade pessoal é a melhor solução; se um dia vocês forem presos, que sejam pelos crimes que vocês escolheram cometer. Não sejam presos inocentes.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Sobre renatobraga

Renato, do latim, renascido. É importante renascer todo dia. 20 e tantos anos, admirador de Caetano e apaixonado por História; cursa Jornalismo pela Universidade de Taubaté, cidade onde nasceu mas que não pertence.

CATEGORIA

Textos