Textos

A casa Escura

A casa está escura. Não é possível ver nada, os únicos guias são minhas mãos que tateiam pelas paredes e tentam identificar cada móvel ou obstáculo à frente.

A cada toque, busco na memória que objeto teria aquela textura, ou ainda, a posição que ele ocupa no espaço.

Andar sem ver é uma tarefa difícil, torna os lugares mais conhecidos em uma selva, nos dá a impressão de que os caminhos que já trilhamos antes, são completamente novos.

O escuro tira a sensação de conforto, faz o arrepio subir na espinha, e um peso se instalar nas costas, mas principalmente, deixa as dores, os problemas e a normalidade assustadora.

Crescer é na maioria das vezes andar por uma casa escura. Você conhece caminho, já viu pessoas percorrerem-no, mas a cobrança constante, a pressão de ser sempre bem-sucedido, e o peso de cada comparação, acaba cegando e distorcendo a imagem nítida que antes os olhos otimistas e sonhadores conseguiam enxergar.

Entrar na vida adulta para muitos significou abandonar os sonhos projetados, as metas estabelecidas e jogar-se de cara na completa escuridão.

Anúncios

Sou um mero aspirante a poeta, filosofo e escritor. Tenho 21 anos e moro na cidade do Gama. Costumo dizer que não domino o "segredo" da exímia escrita, mas vivo para escrever, e escrevo para viver. Torno cada palavra escrita e dita um motivo para acordar, um sonho para realizar e como força para respirar. Não escrevo um só gênero, porque acho que ainda não encontrei um que me defina, ou nunca encontrarei, talvez no final eu seja um transeunte entre gêneros, cujo o objetivo seja transmitir uma mensagem, seja ela, escrita ou falada.

0 comentário em “A casa Escura

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: