Enfia a mão no meu peito com toda a sua força. Com todo ímpeto do seu ser e alcança meu coração. Aperta-o, e uma vez mais, na verdade, force esse músculo quantas vezes forem necessárias para que ele volte a bater.

Encoste seus quentes lábios sobre os meus, coloque a mão no meu nariz e sopre dentro de mim. Inspire e expire, ventilando meus pulmões, fazendo-os voltar à ativa.

Toque minha fria pele com veemência . Arranhe cada centímetro com força. Por favor, desperta as mais profundas dores em mim, preciso sentir alguma coisa.

Abra meus olhos, para que as cores do mundo possam finalmente adentrar a neblina que se instaurou em minha mente.

Por favor, faça alguma coisa, qualquer coisa, que me traga novamente a vida.

Preciso viver, e não só mais existir.

Anúncios