Primeiro eles o ignoram, depois riem de você, em seguida lutam com você, e então você ganha.

Ta ai um livro que tem tudo pra virar clichê, e ver a galera toda comentando sobre, sem ao menos ter entendido realmente o sentido dele; Omissão, depressão, Bullying , vingança, frustração, abusos, pessimismo, intolerância, realidade e ficção formam essas 224 paginas, sobre a história de Leonard Peacock … um menino “problemático”, que se viu em um mundo aonde não tem vez pra inocência, e logo cedo aprendeu que ser diferente sempre foi e sempre será difícil e assim se viu prestes a cometer suicídio!

As pessoas pagam por aquilo que fazem, e ainda mais pelo que permitiram se tornar.
E pagam por isso de uma maneira muito simples: com a vida que levam.

Apesar de o final ter sido de uma maneira Hollywoodiana… o livro em si marca muito o leitor e deixa um suspense tremendo.

Fechei os olhos, ouvi, e desapareci – Leonard Peacock

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Sobre Thiago D.

Minha maior arte é a forma que eu vejo o mundo e as coisas que acontecem ao meu redor, tenho uma empatia muito grande, entendo como as coisas estão acontecendo ou devem acontecer e isso ajuda na minha percepção para fazer sistemas, estruturar raciocínios lógicos e a construir textos, contos e afins. Busco colocar em palavras os mais diversos sentimentos e sensações, o que escrevo não é autobiográfico, eu chamo de usar a vida como matéria prima. Meu jeito de escrever é esse, e se me perguntarem isso é ficção? Ou não é ficção? – Está no papel(no caso, tá no blog), aconteceu ou não, é ficção.

CATEGORIA

Livros, Resenhando