Não somos maquinas

Meu se a pessoa quer ser religiosa, ateu, funkeiro, maconheiro, pagodeiro e etc, beleza nada contra e mesmo que tivesse algo contra foda-se, cada um tem o direito de gostar e fazer o que bem entende, mas se você é assim por causa de outras pessoas e não por você mesmo, desculpe ai amigão, mas que tipo de pessoa você é? que tipo de vida você quer ter ? aonde na sua cabeça você acha que isso é certo, até quando você vai olhar para o mundo e aceitar não ser você mesmo ?

Arranje argumentos, motivos e razões para ser assim e não por que seu irmão, amigo, vizinho, namorado(a), colega, mãe, pai, não é porque alguém é que você vai ser. Viva sua vida não a dos outros !

Aprende e bote logo na cabeça que você é você e as pessoas tem que gostar ou não gostar de você assim, do jeito que você é.

Mas também não vai ser um babaca e pensar que você não pode evoluir, aprender coisas novas, mudar… tudo isso é importante, mas tem que ser por você, para você.

#PorraPlenoSeculoXXIeAindaExistePessoasQueNãoPensam!

Vocês não são maquinas ou brinquedinhos, temos desejos, temos sonhos e além de tudo somos diferentes, então se você for ser algo que não é para agradar aos outros, tenho uma má noticia para você.

Lembra daquele refrão da pitty;

Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro
Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro
Mesmo que seja estranho, seja você
Mesmo que seja bizarro, bizarro, bizarro
Mesmo que seja estranho, seja você

 

Anúncios

Autor: Thiago D.

Minha maior arte é a forma que eu vejo o mundo e as coisas que acontecem ao meu redor, tenho uma empatia muito grande, entendo como as coisas estão acontecendo ou devem acontecer e isso ajuda na minha percepção para fazer sistemas, estruturar raciocínios lógicos e a construir textos, contos e afins. Busco colocar em palavras os mais diversos sentimentos e sensações, o que escrevo não é autobiográfico, eu chamo de usar a vida como matéria prima. Meu jeito de escrever é esse, e se me perguntarem isso é ficção? Ou não é ficção? – Está no papel(no caso, tá no blog), aconteceu ou não, é ficção.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s