agosto 12, 2017

Grab me a drink !

A vida te da o gostinho doce, mas depois deixa amargar.

É foda, é assim como quem não quer nada que ela nós fode.

Se eu tivesse que dizer como a vida é, diria sem dúvida nenhuma que ela é basicamente como um filme pornô, nós todos somos as atrizes e a vida é o negão da piroca te fodendo o rabo vinte e quatro horas por dia, trezentos e sessenta e cincos dias por ano, isso quando não for ano bissexto e incluir um dia a mais na aritmética da vida.

Tá achando exagerado provavelmente ou um absurdo, mas foda-se; hoje quero escrever e se você estiver disposto a ler, bom continua que vai sair umas reflexões aqui !

A sensação que tenho é que o mundo quer nocautear as pessoas, sabe tipo aquelas lutas no famigerado octógono, onde os brutamontes com anos de experiência em dar porrada e levar também, tomam uma no queixo e desmaiam.

Sabe todo treinamento, toda técnica, todo aprendizado, toda à porra das porradas da vida não o prepararam para o direto no queixo.

E é assim que a vida é, você aprende, você se fode, você acha que aprendeu, você evoluiu, tá saindo da jaula o monstr… Pá, lá vem o gancho no maxilar e você só ouve;

– Volta para chão, marmanjão filho de uma puta!

A vida é o soco, você é saco de areia. Entende aonde quero chegar ?

O saco uma hora rasga, não importa de qual material é feito ou de quantos anos dure, vai rasgar um dia e a vida não vai parar de bater, a vida não espera você, não espera o saco, não espera ninguém se consertar, se remendar, a vida só quer bater, ela só bate, não importa se tá rasgando, se tá furado, se furou ou se tá vazando, a vida vai dar jebs, e vai alternar com diretos, vai chutar e mesmo quando você estiver caído a vida não vai lá te estender o braço para você levantar, ela quer que você se foda, ela não quer saber se você aguenta, nem se você está disposto, foda-se o que você quer, foda-se os seus planos, foda-se, foda-se e foda-se.

Toda essa bosta que tá o mundo hoje, todas essas pessoas vazias, toda essa falsidade, todo esse machismo enraizado, sabe tudo isso não importa para ninguém, toda essa ideia de estou defendendo minha causa, está a puta que te pariu.

Nós poderíamos ser muito melhores se não quiséssemos ser tão bons !

 

Anúncios

Participe da conversa! 2 comentários

  1. A vida é um fodão mesmo, mas ainda assim, são muito poucos os que acabam com ela antes do tempo.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  2. […] Thiago D. Melo Lima In: De Saco Cheio e Mau Humor […]

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Sobre Thiago D.

Minha maior arte é a forma que eu vejo o mundo e as coisas que acontecem ao meu redor, tenho uma empatia muito grande, entendo como as coisas estão acontecendo ou devem acontecer e isso ajuda na minha percepção para fazer sistemas, estruturar raciocínios lógicos e a construir textos, contos e afins. Busco colocar em palavras os mais diversos sentimentos e sensações, o que escrevo não é autobiográfico, eu chamo de usar a vida como matéria prima. Meu jeito de escrever é esse, e se me perguntarem isso é ficção? Ou não é ficção? – Está no papel(no caso, tá no blog), aconteceu ou não, é ficção.

Últimos Posts Por Thiago D.

CATEGORIA

Textos