Textos

Querido Diário!

Sobrevivi mais um dia!

Obrigada por me ouvir. Isso é tão difícil hoje em dia. Geralmente as pessoas se preocupam mais em falar, ouvir o que querem ouvir de mim e não o que preciso que ouçam… é a vida, fazer o quê, né.

Hoje fui ao parque. É muito gostoso fazer coisas simples… Tomar sorvete e sujar a camiseta, lamber os dedos, andar despreocupadamente, rir vendo as crianças aprenderem a andar de bicicleta. Sentar e ver o movimento das águas do lago. Acredita que hoje nem pensei em suicídio?

Parece que o dia foi mais leve, nem pensei que amanhã vou arrumar minhas malas para ir embora. Putz! pensa no peso que tá na alma, anos e anos de convivência e, tudo o que tenho realmente cabe em duas malas médias.

Tava vendo, tem poucos livros pra levar e da cozinha, só vou levar minha faca de cerâmica. Embaçado são as fotos, queria levar todas, mas é melhor não levar nenhuma, mas eu vou levar mesmo assim porque sou dessas.

Já tá comprada a  Natasha, quer saber, amanhã é com ela que vou me divertir… Não, não vou ao bar. Não vou me trair me jogando nos braços de ninguém não.

Sabe o que dói em tudo isso, Diário… é me dar conta que tudo terminou sem eu nem perceber e o pior: ter que reconstruir um futuro sem ter ele ao meu lado. Nem sei como é viajar sozinha… ou ir ao mercado e fazer compras só pra um, é tudo tão estranho que dá vontade de desistir.

Mas não tem mais como voltar atrás. A casa nova já tá alugada, tem até wi-fi, cama e fogão. Já anunciei minha partida, já chorei na briga que deu, já me cortou o coração ver que talvez ele não quisesse que eu fosse embora.

Sabe amigo, eu tenho medo, mas também tenho certeza… Agora entra em voga toda a minha fé no cuidado de Deus sobre a minha vida, e sobre a minha convicção de que o meu futuro depende de mim.

Não sei se quero mais alguém. Sinceramente, gostaria que ele mudasse, que tudo encontrasse seu eixo e que a história mudasse, mas não posso contar com isso, afinal, as pessoas só mudam o que querem mudar e, se não mudou em tanto tempo, por qual motivo mudaria agora né?

O que eu sei é que a casa nova tá lá me esperando e eu não quero mais olhar para trás, só quero encher aquele lugar de mim e das novas histórias que vou viver. Quero ouvir lá o miado de um gato, ou o sorriso de meus amigos e se, algum dia rolar. Quero fazer minhas malas e mudar pra outro lugar, pra ser feliz reconstruída e não do jeito que vou agora, juntar meus cacos para reconstruir para ser feliz.

Até outra hora diário… Obrigada mais uma vez por me ouvir!

Anúncios

Sou um ser humano multifacetado. Pra me conhecer, tem que estar disposto, a conviver com um monte de mulheres em uma só. Hora furacão, hora bonança, hora o próprio cão, hora criança. Sou eu... pra saber mais... ah! Vai ter que descobrir.

2 comentários em “Querido Diário!

  1. dói mais se desapegar de quem a gente idealizou do que de quem realmente perdemos.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: