Ver ela sorrir é como se no horizonte o por-do-sol estivesse esplendido,
e eu já nem lembro dos problemas.

As vezes a confusão é entre eu poder dizer o quanto eu quero ter você e lembrar dos problemas que levaria até você.

Como ouvi uma vez eu tenho medo de inícios por que deles vem os fins,
e não quero um fim sem você.

Já perdi a conta das vezes que acabou mal,
e dessa vez não me perdoaria se esse fosse o final.

Mas independente do desfecho, você para sempre terá o meu apreço.

 

 

 

Anúncios