Escalei, 

tanta dor pelas estradas que passei. 

Escalei,

pra avalanche de péssimos dizeres em meu ouvido não liguei. 
Escalei, 

uma tropa de negatividade contra minha juvenil idade.

Escalei, 

o padrão que deseja comandar minha ação. 
Escalei, 

muitos corações que queriam me enganar.

Escalei, 

gente disfarçado de ser benzinho que sonhava destruir meu caminho. 
Escalei, 

com o bem que ajudou na subida correr. 

Escalei, 

mesmo na chuva prossegui e um pouquinho me atolei. 
Escalei, 

na escuridão só as estrelas me estenderam as mãos. 

Escalei, 

na companhia da solidão em meio multidão. 
Escalei, 

fui obrigada pra sobreviver alguns dias da memória esquecer.

Escalei, 

para perseverar tive que me reinventar. 
Escalei, 

sangrei e andei. 

Rastejei mas não parei,

com a força 

da mente continuei! 

Empurrei, 

espremi

sacrifiquei 

mas não desisti. 
Escalei! 

No topo cheguei. 

E a vista? 

Eu amei!
No fim 

é na escalada 

que a montanha

de todos nós 

será domada! 
Ps: não é fácil pra ninguém.

Anúncios

Participe da conversa! 1 comentário

  1. Olá!
    Todos os dias temos que enfrentar situações, ouvi coisas que nos desagradam, a escalada é diária. Infelizmente, nem sempre, o topo da montanha é bonito, mas seguimos em frente.
    Adorei a poesia 🙂

    Abraço!

    Curtido por 2 pessoas

    Responder

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Sobre Vanila Celestino

Eu queria ser poeta na mísera poeira dessa esfera.

Últimos Posts Por Vanila Celestino

CATEGORIA

Poemas