Poemas

Reconstrução obrigatória.

Hoje eu vi
no presente

um pedaço

do meu 

passado.
Meu coração

saudosistas,

amou. 

Minha mente 

rancorosa, 

gritou.
[ontem eu sofri]
Era 

o mesmo

ambiente,

era

a mesma

palavra,

era

o mesmo

ritual

mas [eu]

já não 

era

mais igual.
Tudo ainda

é bonito,

porém 

não faz tanto

sentido.

Tudo ainda

me afeta

apesar 

de forma

discreta. 

Tudo ainda 

é especial

o suficiente 

para abalar 

meu emocial.
Eu era

uma nascente

agora sou

um rio

que flui

com algum

vazio

procurando

matar a sede 

da realidade 

que já não 

me prende

procurando 

matar a sede

na ausência 

da prece

a cada

dia

a existência 

endurece! 
Sou elemento 

ÁGUA 

contornando os 

percalços da

estrada.

Em todo problema

escorrego

e não faço morada! 
[hoje eu amadureci] 
A dor fez 

tudo isso 

aqui,

quantas vezes 

você já teve 

que se 

reconstruir?

Anúncios

0 comentário em “Reconstrução obrigatória.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: