Pensei em você enquanto as ondas quebravam em meus pés.

Pensei quando vi como o mar é lindo.

Pensei em você e, pensei em como a tranquilidade de estar ali, pode ser comparada à mesma sensação de quando te vejo sorrir.

Pois se seu sorriso me gera um riso no canto da boca e o mar me gera o mesmo quando o vejo, qual significado você tem para mim?

Pensei nessa intensidade, nessa loucura que é querer ter você e saber que, talvez nunca tenha, pois se você for como o mar, eu nunca vou poder abraça-la, pois meus braços não alcançarão à sua vastidão.

E só poderei ter poucas partes suas comigo.

Assim como só posso estar em algumas partes do mar, pois quando você acha que o pegou, ele passa entre seus dedos.

E provavelmente isso é bom, pois assim sabemos que não temos controle sobre tudo e que algumas coisas nos fazem bem, mesmo não sendo nossas.

Anúncios