janeiro 13, 2018

Quimera

Às vezes quando tenho uma doença no corpo

Me sinto aliviada dos males da mente

Externo todos os meus desarranjos

E me alivio um pouco dos meus sentimentos

Quem dera os machucados fossem apenas na pele

E não no sentimento, na alma

Me cansa sentir tudo de forma tão intensa

De ter tudo tão assim, à flor da pele.

Minha mente me flagela

Meus  pensamentos me torturam

O que está no plano das ideias me massera

Me esmaga com força e me machuca

Será que ainda me restam esperanças?

Será que me resta uma saída?

Como sair de mim mesma?

Como me deixar pra trás?

As perguntas inundam minha cabeça

E nenhuma resposta surge no horizonte

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Sobre jessicaalexandra06

Sou atriz e professora de inglês paulistana, nascida em 1991 no Dia de Reis. Sempre adorei escrever e imaginar coisas. Amava fazer redações na escola. Com o tempo, o amadurecimento e essa complicada vida de gente adulta, fui deixando de escrever. Me limitei a posts de Facebook e tweets. Porém as histórias se acumulavam na minha cabeça. O blog foi uma forma de exteriorizar todos esses pensamentos e reflexões, sejam eles bons ou ruins. Gosto de escrever sobre como eu lido com a vida e o quanto ela é complicada. Espero que os meus textos e poemas ajudem pessoas que passam pelos mesmos problemas que eu. Blog pessoal: https://somaiscincominutinhosblog.wordpress.com/

Últimos Posts Por jessicaalexandra06

CATEGORIA

Poemas, Textos

Tags

, , , , ,