Livros Resenhando

A Sutil Arte de Ligar o F*da-se

Você nunca será feliz se insistir em tentar descobrir o que é a felicidade.
Você nunca viverá verdadeiramente se estiver procurando o sentido da vida.

– Albert Camus

Em a sutil arte de ligar o foda-se, Mark Manson não mede palavras para deixar claro que à vida não é um mar de rosas e, ele sabe tão bem quanto eu, quanto você e todos nós que a vida é dura e que se sai melhor quem consegue receber mais pancadas e continuar de pé.

É disso que o livro trata, é disso que o Manson quer nós dizer nas 224 paginas.

P_20180119_144438.jpg
Trecho do livro A Sutil Arte de Ligar o F*da-se

Mark ao decorrer do livro vai nós dando boas porradas na boca do estômago, suas verdades são embasadas com um ou outra história que ele vai contando no decorrer do livro, histórias reais, fatos que aconteceram aqui e ali com pessoas no decorrer da vida, gostei dessa maneira que ele usou para ilustrar seus pensamentos e chegar a diversas conclusões que eu já pensei mais de uma vez, mas alguns gatilhos devem ser disparados varias vezes até que você pegue o jeito e entendo o que aquilo quer dizer, então posso dizer com certeza que é um dos melhores livros que já li e direi os porquês.

Primeiro Mark não é do tipo de pessoa que deixa de fazer, dizer ou pensar algo só para agradar alguém. E deixa explicito como quem faz isso prejudica na vida e prejudica os outros. Esse é sem dúvidas uns dos pensamentos que carrego na minha vida a bastante tempo ser quem sou e foda-se.

Porém ele deixou um ensinamento importante: Se questione mesmo, sempre, até quando achar que está certo, pois ninguém está certo na verdade, apenas uns estão menos errados do que outros.

A realidade é algo simples: se parece que é você contra o mundo, é provável que seja só você contra si mesmo.

Essa a arte do foda-se que ele retrata no livro, é o simples fato de você aceitar que a vida não é um conto de fadas, que não é preciso estar otimista sempre, achando que tudo está bom e tem um lado positivo, que tudo vai dar certo e que as situações vai melhorar por si só, a arte do foda-se é aceitar que a vida muitas vezes é uma bosta, que pessoas magoam umas as outras, que acontecem merda o tempo inteiro e que sim, tudo pode dar errado, você pode fracassar, se dar mal, se ferrar e tudo bem. Pois a vida é isso. Essa sutil arte de ligar o foda-se é mostrar que você não precisa se torna uma pessoa delirante, que acha que se não pensar nos problemas eles vão deixar de existir.

O desejo de ter mais experiências positivas é, em si, uma experiência negativa.
E, paradoxalmente, a aceitação da experiência negativa é, em si, uma experiência positiva.

– Allan watts ( lei do esforço invertido)

Bom esse livro já faz parte dos meus favoritos, e o lerei outras vezes, para fixar os aprendizados que contem nele, recomendo a todos.

Anúncios

Sobre Thiago D.

Minha maior arte é a forma que eu vejo o mundo e as coisas que acontecem ao meu redor, tenho uma empatia muito grande, entendo como as coisas estão acontecendo ou devem acontecer e isso ajuda na minha percepção para fazer sistemas, estruturar raciocínios lógicos e a construir textos, contos e afins. Busco colocar em palavras os mais diversos sentimentos e sensações, o que escrevo não é autobiográfico, eu chamo de usar a vida como matéria prima. Meu jeito de escrever é esse, e se me perguntarem isso é ficção? Ou não é ficção? – Está no papel(no caso, tá no blog), aconteceu ou não, é ficção.

10 comentários em “A Sutil Arte de Ligar o F*da-se

  1. Jussara Ferreira

    Desde o primeiro momento em que vi este livro ele me chamou a atenção. Mas ainda não tinha lido uma resenha dele. Agora que eu li… Eu quero!!!!! Acho muito interessante que tem coragem de dizer que você pode se dar mal, que nem todo mundo e legal
    Neste mundo de políticamente corretos hipócrita. Já tá na minha lista. Adoro teu blog bjos

    Curtido por 1 pessoa

  2. Janaina Hanna

    Livro simplesmente maravilhoso, nem li mas já tô elogiando. Esses livros mais sinceros estão ganhando espaço e eu tô adorando, ás vezes é necessário ouvir certas verdades para mudar.

    Te indico Outros Jeitos de Usar a Boca, que é um livro sobre a importância que damos aos outros e amor próprio.

    http://blogalertadespoiler.blogspot.com.br/

    Curtir

  3. O título desse livro já tinha chamado a minha atenção, mas nunca havia pesquisado sobre ele.

    Obrigado pela indicação e por colocar algumas frases do livro no meio dela, principalmente:
    “A realidade é algo simples: se parece que é você contra o mundo, é provável que seja só você contra si mesmo.”

    Curtir

  4. Tenho esse livro no kindle e tenho visto ele tanto no instagram, mas ainda não tinha visto resenhas dele,e o mark é dos meus, não ligando para o que os outros pensam ❤

    Curtir

  5. Helena Vigil

    A qualidade desse blog me fascina, já não é a primeira vez que encontro pérolas preciosas como esta.
    O que dizer Sobre o Mark? Ah sem palavras….

    Curtir

  6. Mayla Malho

    Olá!
    Faz um tempo que estou querendo ler este livro, e a cada resenha tenho certeza de que fará parte da minha próxima compra.
    Adorei o estilo do blog!

    Curtir

  7. é um auto ajuda diferente que escreve oque a maioria não aguenta ler… Adorei! PRECISO LER ESSE LIVRO!

    Curtir

  8. Olá, tudo bem?

    Não conhecia o livro, mas já estou aqui com outra aba aberta procurando-o para comprar. Eu adoro livros neste estilo, que são diretos e de certa forma cruéis com nós mesmo. Gosto da forma como eles se comportam e o autor parece ser bem potente. O fato dele abordar realmente coisas que acredito (que não devemos nos fazer de “vítimas” e que a vida vai nos dar boas pancadas) é realmente um fato que me agrada. Gostei bastante da sua resenha e aprenderia bastante com a obra.

    Beijos!

    Curtir

  9. Oi tudo bem? Nossa achei o título do Livro bastante interessante, parabéns pela resenha. É verdade que a visa nem sempre é um conto de fadas. Sempre tem aqueles momentos em que jogamos tudo para o ar e que foda-se tudo.

    Curtir

  10. Raíssa Zaneze

    Oi! Eu estava vendo muita gente falar desse livro, mas ainda não tinha parada para ler a sinopse dele ou até mesmo uma resenha. Mas achei a premissa muito legal. Eu não sou chegada a livros muito motivacionais não, mas já li alguns. Só que algo me diz que esse vai ser diferente, afinal, ele trás a verdade: nossa vida não é um conto de fadas e ta tudo bem! É meio cansativo ver os outros querendo que a gente sempre esteja de bem com a vida, vendo flores e borboletas em tudo! Gostei! Também gostei bastante dos quotes que você trouxe. Beijos

    https://almde50tons.wordpress.com/

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: