Poemas

Sensação vulcânica.

Tudo acontece…

Uma conexão 

transcende

os corpos,

a alma fez

um voto! 
Sensação vulcânica, 

quente herança! 

Sensação vulcânica,

imensa chama

que me

desmancha

na sua

cama.
A tua boca louca faz sentido,

no meu ouvido

gemendo versos bonitos

a poesia que existo

sem saber 

resume meu tímpano

em tesão. 
Arrepio cada fio

o desejo preenche 

todo vazio

assim

como sua mão 

enche meu coração 

e minha calcinha de sensação. 
Roça a barba no meu pescoço 

me deixa perdidamente sem fôlego. 

Chupa meu peito 

[teu alimento de fazer fogo]

faz eu gemer direito. 
Teus dedos 

na minha profundidade 

caminhando. 

Tua voz

estímulo sagaz

faz eu querer mais.

Teus cabelos

eu amasso 

num sutil carinho devasso.

Tua língua 

faz uma visita 

acorda a putaria! 
Solto um gemido bonito 

você coloca; eu sinto.

Solto um gemido bonito

desperta meu instinto…

Assim pode até 

bater 

com jeitinho, 

e eu não ligo! 
Hoje o poema

está entre

as pernas,

vezes branca

e vezes morena.

Anúncios

0 comentário em “Sensação vulcânica.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: