Sobre amizades inacabadas! 

Pessoas que juntas 

constroem memórias,

enfrentam algumas 

derrotas. 

Passam pela estreita 

porta,

se empurram na direção 

da melhora. 
Dividem a 

mesma situação,

uma prece,

um passeio, 

uma comida,

um filme de ação

uma forte emoção

ou 

qualquer papo é diversão! 

Sequer necessita de bebida,

basta a companhia. 

Dão risada e enxugam lágrimas. 

Uma amizade na essência,

simplificada! 

Elo de humanidade,

aliada!

Semente por duas mãos,

regada. 

Uma conexão puramente, 

selada.
Discordam sobre a vida,

de compaixão são munidas.

Ficam firmes nas crises, 

na união por determinado 

tempo persistem.

Se ensinam,

se apoiam no caminho,

cumprem o papel do destino. 
Amizades inacabadas,

vamos deixando alguns 

durante a estrada.

Amizades inacabadas, 

pra sempre registrada.

Amizades inacabadas,

já existiu e sempre 

será lembrada.

De bons momentos 

saturada,

eis a “despedida” 

chegada! 
[porém não programada]

Alguns vínculos

se desaguam mas 

os instantes do

passado permancem

intocáveis! 

No agora 

para sempre

durante o fim,

você me leva

eu te levo

para o eterno

no peito

te carrego 

com sentimento

fraterno! 
As estradas

[AGORA]

separadas

não diminuem 

nada.
Aos laços criados 

pelos abraços 

onde nos foram

regaço. 

Aos que se foram 

mas eu os levo

pela gratidão 

de todo

afeto.

Anúncios