Shows

Lollapalooza 2018 – Sexta

Dessa vez a lineup do lollapalooza tinha algumas bandas que queria ver além da headline, que olha, fizeram uns puta shows fodas.

Primeiro assisti a Rincon Sapiência no palco Budweiser, um rapper que vem mostrando que a nova geração tem um puta potencial. O show dele foi muito bom mesmo, muitas críticas sociais e sempre lembrando que a Marielle Franco estava presente.

Ele cantando Ostentação à Pobreza, em um festival como o lollapalooza, que o publico é cheio de pessoas classe media alta, boyzinhos e patricinhas, foi a coisa mais foda, só me incomodou um pouco eles cantarem o refrão;

já ouviu falar em pobreza?
Pobreza, ela não morreu
Pode pá, ela não morreu
Já ouviu falar em pobreza?
Pobreza, ela não morreu
Pode pá, ela não morreu

Com certeza a maioria ali não sabia o significado, mas o que realmente importa foi o Ricon trazer essa crítica.

Enfim, a segunda banda que vi no dia foi Volbeat no palco onix, conhecia ela um pouco e olha os caras são demais, arrebentaram, puta showzão sinistro ao vivo, vários bate cabeças e, eles tocaram muitos hits, sabiam como contagiar o público, depois deles fiquei pelo palco onix mesmo aguardando Royal Blood, banda que abre alguns shows do pearl jam, eles tem um som muito bom e fizeram um show muito animador, depois disso foi esperar o headline Red Hot Chili Peppers.

Tinha visto eles pela primeira vez ano passado no rock in rio, e esse ano não poderia perder a chance de vê-los perto de casa. Igualmente ao ano anterior o show começou com uma intro Jam, entre o baixista Flea e Klinghoffer guitarrista, para quem não conhece o termo, isso significa que ambos começaram tocar seus instrumentos no improviso, apenas mostrando suas técnicas e após isso começou de forma explosiva Can’t Stop.  🤘

Eles fizeram 1:45 hr de show, minha impressão foi de que foi mais longo que no ano passado, tocaram diversos hits e ainda poderiam ter continuado tocando pois ainda faltou músicas, com certeza fecharam a primeira noite do lola 2018 em grande estilo.

Anúncios

Sobre Thiago D.

Minha maior arte é a forma que eu vejo o mundo e as coisas que acontecem ao meu redor, tenho uma empatia muito grande, entendo como as coisas estão acontecendo ou devem acontecer e isso ajuda na minha percepção para fazer sistemas, estruturar raciocínios lógicos e a construir textos, contos e afins. Busco colocar em palavras os mais diversos sentimentos e sensações, o que escrevo não é autobiográfico, eu chamo de usar a vida como matéria prima. Meu jeito de escrever é esse, e se me perguntarem isso é ficção? Ou não é ficção? – Está no papel(no caso, tá no blog), aconteceu ou não, é ficção.

0 comentário em “Lollapalooza 2018 – Sexta

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: