Poemas

Reflexão para acordar o teu Sol!

De tudo que
você já foi,
quantos pedaços
estão intactos?
De tudo que
você sentiu,
quais olhares
estão marcados?

De tudo que
poderia ter sido
qual sonho ficou
pelo caminho?
De tudo que
poderia ter feito
em que o destino
deu um jeito?

Diante de tudo
que a vida é,
estamos em pé
nesse balé!

[mesmo errando
a coreografia
já que tem corpo
que nasceu
pra poesia]

Rodopiando pra lá
um dia o vento
faz voltar.
Rodopiando pra cá
um dia a brisa
te faz andar.

Das amizades
loucas feitas
em nomes dos
Deuses,
das prosas poéticas
que tornaram-se
filosofia,
das cachaças que
queimaram as gargantas
e deram riso pra
esperança,
do questionamento
de estar vivo
… só respirar faz
sentido?
Do momento
do desespero
onde até o sonho
era pesadelo,
da agonia amassando
quando fingia não
sentir nada,
dos ossos doloridos
por tanto buscar
algum alívio,
do TODO que
experimentou
oque mais te
ensinou?

Dos sentimentos
que foram amor
quantos tiveram
um caso
com a
dor?
Tudo era
preparação
para o novo
amor no
coração!
Das belezas mais
intensas
quantas beijaram
a tristeza?
Tudo era aula
pra entender
que se a beleza
pode chorar
você também pode
desmanchar.
Das doces
despedidas
quais você
não queria?
Tudo pra dizer
que os elos
podem doer
e possuem poder
para eternizar
qualquer ser.

Em nome de toda
arte
qual manifestação
te arde?
Em nome de todo
existir
qual motivo
você não gostaria
de ter um fim?
Em nome da vida,
porque você deixa
ela passar
despercebida?

Pois tudo que
sentiu talvez
não seja seu,
pois tudo que
sentiu talvez
seja só pra encher
o vazio,
pois tudo que
sentiu talvez
era só pra
calar o frio
dias aguardando o nascer do Sol!

Rodopiando
enquanto o sol
faz girar o
girassol,
rodopiando
enquanto a maré
sobe obedecendo
o oceano,
rodopiando
enquanto o recém
encarnado tem
seu primeiro
pranto
e o Criador de
Tudo
observa do banco
e diz…
– Mais um corpo
emprestado
espero que
esse filho
saiba como
aproveitá-lo.

Eis que vem mais
histórias
nesse jardim
mundano,
eis que vem novas
memórias
nesse jardim
regado com
acalanto,
eis que surgem
sorrisos líricos
nesse jardim
dos vivos!

A existência
nos honra
quando geramos
a profundidade,
qual ótica da
amorosidade
vem fazendo
valer sua viagem?

Nosso sol
interior
deveria
brilhar todos
os dias
pra fazer
uma alquimia
nessa travessia
mesmo
quando a chuva
caísse com
euforia.

Anúncios

0 comentário em “Reflexão para acordar o teu Sol!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: