Gosto de acompanhar as polêmicas tanto nas redes sociais, gosto de assistir a TV senado e etc. São tantas vozes dizendo o quem é contra ou a favor de tal coisa, pessoas revoltadas e quase sempre com o mesmo discurso: “estamos lutando pelo bem estar e defesa do direito de todos!”

Verdade é que, são poucos  realmente se importam com as pessoas. É tanta coisa envolvida, tantos interesses, sempre primando as grandes empresas, geralmente. Quando vejo as argumentações ideológicas, me pergunto sempre “quanto” envolve tamanho empenho ideológico e tals… Tem muito mais coisa envolvida.

Tem-se os valores monetários, os valores ideológicos, e também a disputa do poder de manipulação das massas, mas a cortina de fundo de tudo isso é “falo”.

Francamente, essas discussões, tanto no senado, congresso, quanto nas redes sociais, se embasa em quem tem o maior poder, o “falo mais poderoso”, quem dá a ultima resposta, quem manda mais, quem tem mais poder sobre o outro… e disso, muito pouco se aproveita.

Não sou expert em nada, mas pra mim, essas discussões e necessidade de se ter sempre razão, só denuncia a dor e a pequenez da alma dos discursantes. Porque quando as decisões são tomadas, as leis são assinadas, não se vê nem os contra ou os a favor junto à grande massa que sofre as consequências dessas decisões, nem pra acalantar, nem para se comemorar.

E o que acho dessas discussões e polêmicas? Perda de tempo, afinal, ninguém leva em consideração o bem estar social, o que conta é o bem estar das grandes empresas, do crime organizado e daqueles que  se beneficiam das regalias e financiamentos do governo.

Engraçado que não vejo ninguém se empenhando em implementar reforma política, tributária e nem judicial… talvez porque se elas acontecerem, uma grande parte das discussões que vemos hoje nas redes sociais, pelo menos, seria resolvida, mas se isso acontecer, vai ser bom pra quem? Pro povo?… então não interessa.

Texto vai ficar sem final mesmo… 😀

bjs da Lai$inha

 

Anúncios