Poemas

Sol de agosto!

Sol de agosto,
tempo de fechar o ciclo vicioso.
Sol de agosto,
hora de acabar com tudo horroroso.

Precisa aquecer,
precisa parar de doer.

Precisa esclarecer,
precisa o sol aparecer.

Precisa aprender,
precisa absorver.
Precisa deixar o machucado morrer,
precisa pela segunda vez sobreviver.

Esvaziar e encher,
desintegrar e engolir
a pílula que faz crescer.
Maturidade na marra viver!
Sobreviver,
se encontrar
entre
ser
e não ser…
cadê eu?
Cadê você?

Quando é o seu sol de agosto
que te faz recomeçar de novo?

Anúncios

1993, primavera, onda do mar, colorir desenhos, sentir o vento, borboletas e tartarugas, corpo, esperança, poesia-dislexia-ironia, morango, minimalista, deusas e deuses, verde, liberdade, orquídea, reflexão, arte, contradição, movimento, conexão, sensível, bruta, sol e lua, incenso de arruda, escrever e a palavra favorita é transcender. [insta: @baunilhapoetica]

0 comentário em “Sol de agosto!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: