A corriqueira labuta segue com seu pesar.

Ela segue às vezes no automático.

Tem dias que não há sequer vontade de levantar.

E ela segue visando alguns dias de ufania que a vida traz.

Muito embora também receba apenas a penitência que jaz.

Pois por toda a vida conscientizou-se que existe o lado A e B.

E ela segue tentando encontrar o equilíbrio.

E consigo cogita a dificuldade que é seguir nessa caminhada.

Mas pior seria desistir, o que seria de seus sonhos a seguir?

Com o tempo aprendeu a ser só, após muitas decepções.

Mas a vida lhe sorriu e mostrou que ainda há opções.

E ela decidiu viver um dia de cada vez.

Já que entendeu que não podia resolver tudo de uma vez.

Anúncios