Não haveria vontade plena, porção pura de alguma coisa que se deixou para trás.
Não suportaria o ódio de uma manhã, a tristeza de um noite e as sombras dum quarto
onde ela não estaria.
Não deveria ter sido eu mesmo, sou uma bomba pronta para explodir, um pedaço incandescente de ódio e puro rancor
Não me formei cedo o bastante, não sou inteligente o bastante, a inteligencia sempre chegará tarde demais
Não conseguirei andar de cabeça erguida, estou errado, estou falido
Não conseguirei vencer na vida, pois a vitória é apenas para aqueles que lutam e
não vale mais a pena, para mim, lutar.

Não haverá mais dor no buraco que eu me enterrar.
Não haverá mais risadas quando eu simplesmente decidir partir.
Não haverá mais esquinas, ruas para atravessar, sombras e luzes.
Não haverá mais pedaços perdidos de pedras lascadas,
nem fome, nem dor.
Não terei mentiras para contar para você, nem para ninguém, porque a fonte secou e
não tenho mais capacidade de mentir ou pensar.
Não tenho mais que pedir desculpas.
Não tenho mais que pedir perdão
Não tenho mais que ficar
Não tenho para onde ir.

Anúncios