… Eis que Lucynha ressurge das cinzas! Palmas para as loucuras da vida!

Fiquei alguns meses sem escrever, nesse tempo muita coisa aconteceu.  Trabalhei pra c**te, mudei de profissão, repensei meu nome… que loucura né! Nome a gente não consegue mudar mesmo, bem que queria, mas dá muita confusão.

Vivi dias de “Deixe-me ir”… “Preciso me reaprender”… e todas as musiquinhas de despedida que você possa se lembrar. às vezes é necessário ir, pra saber a emoção de voltar (isso se  couber uma volta), sei lá nem lembro a ultima vez que voltei pra algum lugar.

Mas o que é legal em tudo isso é ver como nós precisamos tirar um tempo pra pensar. Nossa vida é tão louca e passa tão rápido, são tantos boletos a pagar que nos fazem ficar perdidos em nossa própria existência;

Você já teve essa sensação? Sabe quando a gente perde o óculos e  chegamos a ficar horas procurando o bendito e quando nos damos conta, ele está em nosso rosto? Então, era mais ou menos isso que estava sentindo: com a minha vida diante dos meus olhos, mas perdida procurando por não sei o quê…

Tô falando! Tem horas que precisamos parar.

Nos últimos tempos, dei um basta em algumas coisas e assumi algumas vontades loucas. Nouss… fazia muito tempo, décadas, que me sentava diante de uma máquina para costurar, e esses dias fiz isso e me senti feliz. Também descobri que trabalho em algo que gosto, mas não me sento feliz, também parei de ir à academia, pois não estava comprometida com o processo… Loucura né?

E no meio dessas experiências, concluí que por muito tempo tenho me enganado, mas por ser confortável não mudo meu proceder. Será que isso só acontece comigo? Sei lá, talvez eu que seja uma perdida na vida, mas depois desse tempo sumida, pelo menos cheguei a uma importante conclusão:  Tá na hora de começar a mudar.

Diz aí? Será que só sou eu quem está perdida e precisando se encontrar?

 

Beijo da Lucy!

 

 

 

Anúncios